Grandes jogadores – Nilson Borges

Nilson Borges (1968 a 1974)
Campeão Paranaense em 1970
Posição: ponta-esquerda

Nilson Borges veio ao Atlético, como tantos outros trazidos por Jofre Cabral, em 1968. Como jogador era um extraordinário ponta, driblador, além de apresentar uma incrível consciência de equipe. Por mais que fizesse suas brilhantes jogadas individuais, ele sempre tocava para o companheiro fazer o gol.

Cláudio Deodato quando veio pro Atlético em 1972 disse para o Nilson, que ele quase o havia aleijado para o futebol. Isso foi em 1968, num jogo contra Seleção Brasileira de Novos, que o Atlético venceu por 4×3. Naquele jogo Nilson deu um drible no Cláudio Deodatto que fez com que ele saísse maca, com a espinha entortada.

Infelizmente, o grande Nilson Borges precisou abandonar sua carreira devido a uma contusão gravíssima no joelho. Fora vítima de um lance maldoso, de Denilson, em 1974. Mas mesmo após a contusão, Nilson tentou jogar algumas vezes, mas a dor era mais forte que sua vontade. E mesmo tendo dificuldades em campo, nunca foi vaiado pela torcida.

Hoje, Nilson Borges trabalha como auxiliar técnico no Atlético.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s