O tiro do delegado

No começo da década de 70 o Atlético foi jogar contra o Iguaçu em União da Vitória. O Coritiba dependia da derrota do Atlético para ser campeão. A torcida do Iguaçu armou um buzinaço com rojões em frente ao hotel que o Atlético estava hospedado, para que os nossos jogadores não dormissem.

Dr. Schiavon estava com a delegação do Atlético em União da Vitória e nos conta essa história:

“Chegamos a União da Vitória na noite anterior ao jogo com o Iguaçu e ficamos em um hotel em frente à uma praça que tem lá. E para que os jogadores do Atlético não dormissem à noite, a torcida do Iguaçu começou a andar em volta da praça buzinando e soltando rojões.

Lá por 3 horas da manhã, ninguém tinha dormido ainda. Achei que no dia seguinte nem poderíamos jogar, porque os jogadores não haviam dormido nada. Também estava no hotel um delegado, que era atleticano, e acompanhava a nossa delegação. Eu e ele saímos na sacada do hotel, de frente para a praça e ficamos olhando aquela bagunça. Até que ele disse:
‘– Deixa comigo!’ Ele disse isso e eu pensei, que será que ele vai fazer.

Nisso, eu me distraí e ele pegou o revólver, encostou no meu ouvido, entre mim e mais uma pessoa, e deu o tiro. O tiro pegou no farol de um carro, apagou tudo. Nessa altura, eu pensei, fiquei surdo, rompeu o tímpano, pensei que tinha acabado comigo. Aí eu vi toda aquela confusão, todo mundo sumiu.

Foi uma sorte o tiro não ter atingido ninguém, se ele erra, poderia ter matado alguém. Numa distância de mais ou menos 40 metros e ele acertou bem no farol de um carro.

E no dia seguinte, o Atlético ganhou o jogo, por causa daquele tiro que o delegado deu.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s