1981 – Shows nas arquibancadas

Apesar de todas as dificuldades financeiras nunca faltou criatividade e força de vontade para que a Fanáticos fizesse belas festas nas arquibancadas. Com a cara e a coragem os torcedores iam atrás de doações de bambus para as bandeiras, de talco e de papel higiênico. Nos dois últimos itens eram ajudados por dois atleticanos, Bento Chimelli, dono de uma pedreira em Rio Branco do Sul colaborou por muitas vezes com o talco. E Vanderlei Micheletto da Mili, doou muitos e muitos fardos de papel higiênico. Outra figura que muito ajudou a torcida nessa época foi Valmor Zimermann que emprestava um de seus caminhões para que os torcedores fossem buscar os materiais.

Não bastasse ter que ir atrás das doações desses materiais, depois havia o trabalho de ensacar os milhares de saquinhos plásticos com talco. Dado ao grande trabalho envolvido, todo esse espetáculo nas arquibancadas ficava para os jogos maiores, que nesta época aconteciam sempre no Couto Pereira.

Nesta época a grande rivalidade da Fanáticos era com  Torcida Jovem do Coritiba e com  TOC do Colorado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s