Participação no Concurso Blogbooks

Olá, atleticanos, Como é de conhecimento de todos, o blog do Círculo de História Atleticana participou do 2º Prêmio Blogbooks. Graças à votação expressiva da torcida atleticana o blog foi classificado entre os 10 finalistas. A segunda fase foi de escolha dos editores da Ediouro que elegeram um blog de cada categoria. O resultado final …

Continue lendo Participação no Concurso Blogbooks

Alfredo conta sobre como era marcar Pelé

Perguntado sobre qual jogador foi o mais díficil de marcar em toda sua carreira, Alfredo Gottardi Jr lembra de Pelé. "O Pelé era impressionante. Ele não deixava você encostar nele (fazer falta). E eu sempre deixei o atacante dominar a bola, porque eu tinha a certeza que eu roubava a bola. Mas o Pelé tinha …

Continue lendo Alfredo conta sobre como era marcar Pelé

Alfredo fala sobre os bicampeões mundiais com quem jogou

Em 1968 o presidente Jofre Cabral e Silva fez uma revolução no Atlético. Na época ele troxe quatro bicampeões mundiais pela Seleção Brasileira: Belini, Djalma Santos, Dorval e Zequinha. Alfredo fala especialmente sobre dois deles: Belini, com quem aprendeu muito e Djalma Santos. "Eles estavam parando, mas ainda jogavam muito bem. Tanto que o Djalma …

Continue lendo Alfredo fala sobre os bicampeões mundiais com quem jogou

Alfredo fala do tio Alberto Gottardi

Alfredo fala sobre seu tio, o goleiro Alberto Gottardi, que precedeu seu pai Alfredo no gol do Atlético. "O tio Alberto era auto-didata, desenhava, pintava. Aquela índia que tem no açúcar Diana foi ele quem desenhou. O Alberto Romani disse que precisava de um desenho pra representar o açúcar. O tio disse que fazia, fez …

Continue lendo Alfredo fala do tio Alberto Gottardi

Alfredo fala sobre sua família

Perguntei a Alfredo se seu amor pelo Atlético veio do pai. Ele disse que era de toda família, tanto os Gottardi quanto os Cecatto, pai e tios, todos muito atleticanos. Ele conta: "A família inteira, até hoje, são todos doentes pelo Atlético. Não tem nenhum coxa, são todos atleticanos. Meu filho é doente, mais doente …

Continue lendo Alfredo fala sobre sua família

Profissionalismo de Alfredo Gottardi Jr

Alfredo conta que se profissionalizou muito rápido, com 17 anos já era profissional. Naquela época os jogadores se profissionalizavam mais tarde, com 21 ou 22 anos. Tinha categorias de juvenis, aspirantes e só depois virava profissional. Segundo Alfredo, eram poucos times, então havia uma seleção muito mais apurada pra que o cara virasse jogador. Ele …

Continue lendo Profissionalismo de Alfredo Gottardi Jr

O referencial dos grandes jogadores

Ainda da época em que começou a jogar, Alfredo conta que eles tinham em que se espelhar. Visto que havia muitos craques jogando, principalmente no eixo Rio-São Paulo. Ver esse jogadores em campo fazia com que a piazada quisesse ser igual a eles. Segundo ele, em 1965 quando passaram a ter mais noção de futebol …

Continue lendo O referencial dos grandes jogadores