Um jogo na neblina

Professor Heriberto pede que Altevir conte sobre um jogo contra o União Bandeirantes que foi realizado no estádio do Colorado, numa noite de muita neblina.

Altevir conta como foi:

“Aquele jogo foi em 1975, Atlético 1×1 União Bandeirante.

Antes do jogo o Carabina falou assim: ‘Alfredo, hoje está garoando, está molhado, a bola vem longa, não vai me dominar em cima do pé porque ela tá lisa.’ Mas parece que foi um castigo. Lançaram uma bola longa, ele foi dominar, a bola resvalou no pé dele, o Machado, um centro-avante do União saiu e fez o gol.

Aí discutiram no intervalo, o Alfredo e o Carabina. O Carabina não tinha paciência, ele era pavio bem curto. Quando ele estourou, falou um monte, e o Alfredo retrucou: ‘Não está bom, me tira.’ Aí ele mandou chamar o Mauro que era um zagueiro.

Nós fizemos um gol, que eu não consegui ver, de tanta neblina que tinha. Eu só enxergava até a metade do campo, o outro lado não dava pra ver.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s