Altevir conta a técnica que tinha para pegar pênaltis

Altevir pegou muitos pênaltis durante sua carreira. Ele conta que tinha uma técnica de estudar o adversário.

“Naquela época sempre passavam os tapes dos jogos e eu estudava o jeito que o cara batia na bola. A não ser que o cara mudasse, normalmente eu sabia o jeito que ele batia e acertava o canto.

Eu gostava de enfrentar batedor de pênalti que tivesse habilidade, aquele jogador que vinha olhando para o goleiro. Eu tinha uma técnica, normalmente ameaçava ir num canto e ia no outro. Jogador que é habilidoso ele vem mais lento na bola, vem olhando pro goleiro. Quando ele estava chegando na bola eu ameaçava cair de um lado, e quando ele estava batendo eu voltava e caía do outro lado. Então o canto normalmente eu acertava, pegar já era uma outra questão. Eu peguei assim contra o Remo, peguei dois pênaltis num jogo que foi 1×1. Contra o Botafogo de Ribeirão Preto peguei dois com Jorginho contra o Palmeiras.

Eu essa tinha técnica, mas teve um batedor, João Paulo que jogou no Santos, esse eu estudava, estudava e eu nunca consegui pegar pênalti dele. Eu ameaçava, ameaçava, ele esperava até o final, aí eu caía pra um lado a bola quase nem chegava na rede. Ele era o meu desafio.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s