A fundação da Torcida Os Fanáticos, contada por Belotto

Desde o início Belotto se interessava pela festa da torcida rubro-negra. Gostava de ficar junto do pessoal do Esquadrão da Torcida Atleticana (ETA) que na época era a primeira torcida organizada do Atlético.

Porém, no final da década de 70 os participantes do ETA decidiram acabar com a torcida, foi aí que alguns dos integrantes resolveram criar uma nova torcida, a Os Fanáticos.

Belotto conta como isso aconteceu:

“Eu sempre ficava ali com o ETA, até que um dia o Marcos Matos me disse que o ETA iria acabar e que estavam pensando em fundar uma nova torcida. Ele disse que iam colocar o nome de Os Fanáticos e me convidou pra fazer parte. A condição para entrar para a nova torcida era doar uma bandeira, naquela época as pessoas tinham costume de levar bandeiras pro estádio, cada um levava a sua.

O primeiro jogo foi contra o Brasília, em outubro de 1977. Fui ao jogo e levei a minha bandeira, como combinado. Logo que entrei vi a faixa que o Marcos tinha ficado de fazer, uma faixa preta com letras em branco com o escrito: OS FANÁTICOS. Cada um que aparecia por perto com uma bandeira, nós convidávamos pra participar da nova torcida.

Porém, bem no dia da estreia da nossa torcida apareceu um outro pessoal também com uma faixa e com mais bandeiras do que a gente tinha. Na faixa deles estava escrito TORCIDA JOVEM, com letras em vermelho e fundo preto. Ficamos meio assim, pois justo no dia em que iamos começar aparecia um novo grupo com mais material que nós.

Fomos conversar com eles, eram o Maucir, o Luiz e mais um pessoal. No fim das contas, decidiu-se juntar os dois grupos e formar a TORCIDA OS FANÁTICOS. Então cortou-se a palavar TORCIDA da faixa deles e costuraram à faixa que continha OS FANÁTICOS. Ficou de um lado vermelha e preta e do outro preta e branca e essa foi a primeira faixa da TORCIDA OS FANÁTICOS.”

TIA

Nessa época, a principal do torcida do Atlético era a Torcida Independente do Atlético (TIA). Belotto conta que eles tinham muitas bandeiras, mas no ano seguinte (1978) foram feitas várias bandeiras para a Os Fanáticos que superou a TIA em material.

Anúncios

3 comentários sobre “A fundação da Torcida Os Fanáticos, contada por Belotto

  1. Seria interessante entrevistar os verdaediros fundadores, considerando que se forem entrevistados os que se filiaram a FANATICOS ai se perde o “fio da meada”.

    Ourvir, por exemplo: o Prof. Mauro de Sá Merlin, o Marcos Mattos… ai se terá uma história verdadeira.

    Abçso.

    Valdir

  2. Olá, Valdir,

    Os encontros não são entrevistas, são bate-papos. O que é documentado aqui no blog é o resultado desses encontros.

    A ideia era levar apenas aqueles que foram presidentes das torcidas. Temos muitos temas relacionados ao Atlético para ser abordado e por isso para o tema das torcidas ficou restrito à presença dos presidentes.

    SRN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s