O Atletiba do Porco

No dia 1º de maio de 1990 o Atlético houve um Atletiba no Couto Pereira. A derrota por 3×0 seria motivo suficiente para que a torcida rubro-negra quisesse esquecer aquele jogo. Porém, quem não faz questão nenhuma de se lembrar daquela data são os coxas.

Naquele dia, o dirigente atleticano, Beto Habitzreuter, também conhecido como Beto Padeiro, levou um porco pintado de verde e branco pra soltar no gramado. Sem ter quem tivesse coragem de começar a brincadeira, ele interpelou Julião para que soltasse o porco no gramado. Julião  não pensou duas vezes e levou o anilmazinho para dentro de campo.

Julião conta que a primeira pessoa que ele viu nas cadeiras do Couto foi um colega de trabalho, que segundo ele era um dos coxas mais xaropes que ele conhecia. Ver o colega deu ainda mais motivação para a brincadeira.

No gramado, Julião se divertia passeando com o porquinho enquanto observava as reações indignadas dos coxas e de euforia dos atleticanos com a cena.

Vídeo

O vídeo abaixo mostra essa história contada por Julião no 14º encontro do Círculo de História Atleticana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s