Como Alfredo foi jogar no Coritiba

Em 1963, Alfredo jogava como meia no amador (uma categoria pós juniores) do Atlético. O técnico era o Geraldino Damasceno. Uma briga com o técnico fez com que Alfredo saísse do Atlético e para desespero o pai, Alfredo foi para o rival Coritiba.

Nessa época Alfredo ainda jogava como meia e tinha sido escolhido o melhor jogador do Campeonato Brasileiro de Amadores.

A briga com o técnico Geraldino

“Num treinamento o Pedrinho chegou atrasado e eu estava treinando de titular. Eu tinha acabado de passar uma bola pro Valter que fez o gol e estava voltando pro centro do gramado. Tinha uns dez minutos de treino quando o Pedrinho chegou e entrou em campo.

O Geraldino me deu uma camisa reserva e disse: ‘Você vai jogar um pouco na reserva, porque vou colocar o Pedrinho’. Eu falei: ‘Eu até aceitaria se você me tirasse no intervalo. Quer dizer que eu nunca vou ter chance de jogar no Atlético? Então tchau, enquanto você for o técnico do Atlético eu não fico mais aqui’. E fui embora.”

O convite do Coritiba e a reação de Caju

“A notícia da minha briga se espalhou rápido. E à noite, o Miguel Kecker do Coritiba já estava lá em casa. Meu pai ficou louco, não queria receber o cara de jeito nenhum, ele dizia: ‘Não recebe esse cara aqui! Coritibano aqui não entra’! Ele dizia que não assinaria pra eu ir jogar no Coritba. E eu disse que se não fosse pra lá, pararia de jogar bola e iria só estudar. Foi apenas por isso que ele concordou.”

A cirurgia no joelho

“Teve um jogo contra o Britânia, ali onde é o Big (mercado). Eu estava jogando no meio de campo e o nosso goleiro jogou a bola com a mão pra mim. E aí veio o Marcelo e o lateral direito e fecharam em cima de mim. Eu dominei a bola no peito, já dominei jogando ela pra trás e virei, quando eu virei eu torci o joelho, estourei o menisco.

Naquela época não tinha regra três, não tinha substituição, era 11 e acabou. Se alguém se machucava o jogo terminava com 10. E naquele jogo contra o Britânia eu, machucado, fui pra ponta direita e joguei lá até o final do jogo. A bola vinha, eu dominava, não podia correr, meu joelho travou, não podia esticar a perna.

Eu tinha uns 6 meses jogando no Coritiba. E o dr. Córdoba que era o ortopedista do Coritiba falou que eu tinha rompido o menisco interno e tinha que operar. E eu preocupado porque quem tinha operado não tinha voltado a jogar. Ele disse que o problema era a recuperação e que seguindo as instruções dele eu voltaria a jogar tranquilo.

Então eu operei, fiz a recuperação e toda semana eu ia no dr. Córdoba. E em dois meses eu estava jogando e os caras não me colocavam pra jogar, tinham receio. E jogavam uns caras ruins. Eu dizia pro nosso diretor: ‘Seo Elias, eu vou embora’. E ele me dizia: ‘Calma, Alfredo’. E eu dizia: ‘Que calma o quê, eu quero jogar, sou muito melhor que esses caras’. Meu contrato lá já estava terminando, eu não aguentei mais, falei: ‘Tchau, eu vou embora’!”

A volta para o Atlético

“Curitiba era desse tamanhinho, todo mundo sabia o que acontecia. Eu estava na rua XV e encontrei o seo Nivaldo Gouveia que era treinador do Atlético. Ele me perguntou se eu já tinha algum clube pra ir. Eu disse que tinha rescindido o contrato naquela semana e nem estava pensando em jogar. O campeonato acabaria em novembro, no outro ano eu pensaria onde jogar. E ele me disse: ‘Então você vai jogar no Atlético.’ Eu disse que dependendo da proposta eu iria. Aí eu acertei com o Atlético e voltei.”

O tratamento da torcida alviverde com ele

Perguntei a Alfredo como era o tratamento da torcida do Coritiba com ele. Por toda a história que tinham seu pai Caju e seu tio Alberto no Atlético.

“Eles me adoravam e me tratavam muito bem, nunca tive nenhum problema. Até hoje me tratam muito bem. Eles só me diziam que depois que você eu saí do Coritiba ficavam com raiva, por eu jogar muito.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s