De atacante a quarto zagueiro

O tio Alberto e seu pai Alfredo (Caju) foram excelentes goleiros. Caju é até hoje considerado o melhor goleiro da história do Atlético. Era inevitável perguntar a Alfredo se ele nunca pensou em ser goleiro como o pai e o tio.

“Não, eu sempre falava que nunca ia querer ser comparado ao meu pai. Você imagina que em 1942 não existia estrada pra chegar no Rio de Janeiro, a comunicação era por rádio e ele foi pra ser titular da Seleção. Não tinha como, sempre seria comparado com ele, sempre teria quem dissesse que o pai foi melhor. Por isso preferi jogar na linha, ainda disse vou jogar de centroavante, bem lá na frente.”

Prof. Heriberto ainda lembra que foi isso que aconteceu com Celso Gottardi, irmão de Alfredo. Alfredo complementa:

“O Celso, meu irmão, foi um excelente goleiro. Mas nunca saiu da sombra do meu pai, sempre foi comparado.”

Como ele aprendeu a chutar com as duas pernas

“O treinador do juvenil era o Osmar. Ele era uma pessoa sensacional, gostava do Atlético e tinha uma capacidade de ensinamentos. Se a pessoa era destra ele tirava a chuteira do pé direito e fazia o cara chutar só com a perna que tinha chuteira. E comigo ele fez isso.

E depois fui treinando, treinando e sem brincadeira, eu não sabia se eu era canhoto ou destro. Porque a facilidade que eu tinha pra bater com a perna esquerda eu tinha com a direita.

Até hoje eu falo, que nunca fiz gol contra, porque quando a bola vinha pelo lado direito eu tirava com a perna esquerda. E quando vinha pela esquerda, eu tirava com a direita. Hoje o cara quer tirar com a perna direita quando vem pela esquerda e faz gol contra. Não tem como!”

Como ele foi parar na zaga

“Nós íamos jogar contra o Água Verde lá na Kennedy, onde hoje é a Sede Social e os nossos zagueiros eram o Charrão e o Tião. E o Tião se machucou. Na época eu estava jogando de volante, o seo Alfredo Ramos (o técnico) tinha me colocado pra jogar de volante. O titular era o Nair e quando o Tião se machucou, o seo Alfredo colocou o Nair pra jogar de zagueiro. E dentro de campo eu mudei, eu disse pro Nair: ‘Você é muito pequeninho, joga aqui que eu fico lá atrás.’ Quando entrei no vestiário, no intervalo. Ahhh! Seo Alfredo disse: ‘Quem foi que mandou você ir de zagueiro.’ E eu falei: ‘Olha, seo Alfredo, negócio é o seguinte, eu sou muito mais alto que o Nair, o jogo é amistoso, não vale nada, deixa eu jogar de zagueiro.’ Aí ele disse: ‘Gostei da sua personalidade, vai jogar de zagueiro’. E aí nunca mais eu saí de zagueiro.

Aí veja bem, eu disse: ‘Seo Alfredo, tudo bem, eu jogo de zagueiro, só que eu não sei nada.’ Jogar contra o Água Verde, um time ruim que era, era uma coisa, enfrentar o Campeonato Paranaense de 70, era outra.”

Treinamento para zagueiro

“Na minha época se treinava mais futebol do que se treina hoje, nós tínhamos muito treinamento de fundamentos. Os treinos do time terminavam às 17h, o seo Alfredo ficava em campo e começava o treinamento comigo.”

Ele abre um parênteses pra falar do técnico Alfredo Ramos.

“Seo Alfredo batia na bola com uma facilidade, com a perna esquerda, com a direita. Ele foi jogador de Seleção Brasileira, o apelido dele era Polvo porque ninguém conseguia passar por ele.”

E prossegue:

“Ele colocava as estacas pra fazer zigue-zague em campo. E aí ele falava assim: ‘Essa estaca é o Toninho, essa outra aqui é o Miltinho, essa aqui é o Sicupira’.Aí ele dizia: ‘A bola é pra fulano’. E eu tinha que lembrar qual das estacas era o fulano. E de vez em quando ele jogava e dizia: ‘Domina!’ Eu estava todo louco pra saber o nome que ele ia dizer, ele falava pra dominar.

Então eu fiquei treinando, treinando, treinando e fui me aperfeiçoando. E hoje, eu acho que é isso que falta pros nossos jogadores.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s